Como usar a água da chuva

Existem diversas maneiras para podermos usar a água da chuva: rega de plantas, lavagem do quintal, de carros, bicicletas e clorada, pode-se usá-la até para lavar roupas.

Esta água que captamos dos nossos telhados não é potável. Pela cobertura de nossas casas circulam gatos, ratos, pombos e as fezes e urina desses animais podem nos trazer uma série de doenças graves.

Em caso de falta de outras fontes d’água, a água da chuva é uma solução possível para matar a sede (como a tantas décadas se faz no nordeste brasileiro), mas é imprescindível atentar-se a alguns cuidados:

1º – descartar as primeiras águas da chuva

Essa primeira água é a mais suja. Ela traz toda a poluição da atmosfera e também lava os nosso telhados. Para descartá-la faça a seguinte conta: para cada metro quadrado do telhado, descarta-se o primeiro litro d’água. O separador de primeiras águas da chuva do sistema da minicisterna já cuida disso para você.

2º – ferver a água por 5 minutos

Com a fervura da água, matamos virus e bactérias transmissores de doenças.

Vale lembrar ainda que a água da chuva é uma água destilada. Ela não possui sais minerais como a água que vem do solo. Esta água pode ser consumida sem quaisquer problemas, desde que a alimentação contenha os íons necessários ao organismo.

Em determinadas situações, o consumo de água destilada poderá provocar carências iônicas e faltas minerais, inclusive diarreias, dependendo do consumo e absorção proveniente de outros alimentos.

Em último caso podemos sim matar a sede com a água da chuva. Mas é importante mantermos a preocupação com a nossa alimentação para suprir a carência mineral que ela pode gerar.

Comentários

comments

Posted in: