Publicado em

Dia-a-dia: Cafezinho sustentável

As vezes, basta uma mudança sutil no nosso dia a dia para reduzirmos consideravelmente a geração de lixo no planeta. O que pode parecer trabalhoso, trata-se apenas de uma troca de hábito.

Por exemplo, o meu dia só começa depois de um bom cafezinho coado. E, claro, passado na hora. Para evitar a produção de lixo, voltei a usar o bom e velho filtro de pano – feito com tecido 100 por cento algodão.

Existem filtros de diversos tamanhos que podem ser encaminhados para a composteira quando não der mais para usar.

Para limpar, é só jogar água fervente e esperar secar antes de guardar. Você também pode armazená-lo dentro de um pote com água na geladeira. E assim, evitar a proliferação de bactérias.

Existem outras alternativas para tornar sua rotina com o café mais sustentável:
– prensa francesa
– cafeteira italiana
– filtro de aço

Os filtros de papel também são compostáveis, mas podem conter dioxina. Essa substância está presente em papéis que passam pelo processo de branqueamento e causam uma série de problemas para a nossa saúde.

As cápsulas podem até parecer uma solução prática, mas são feitas de uma mistura de materiais (alumínio e plástico), o que dificulta a sua reciclagem. Apesar de algumas empresas garantirem a sua recuperação, esse processo demanda recursos como: água, energia e transporte. Além disso, é preciso encaminhar o resíduo até um ponto de coleta. E é ai que o ciclo geralmente não fecha.

A escolha do café também é importante. Se possível, dê preferência aos cafés agroecológicos, que farão bem para você, para quem produz e para o meio ambiente. Busque na sua cidade (região) alguma feira ou comércio voltados para a agricultura familiar, onde você poderá encontrar produtos de qualidade e com preço justo.

Sabia que você ainda pode reaproveitar a borra do café? 

Receitinhas com borra de café

Adubar as plantas: Misture 100 gramas da borra de café em 1 litro de água e borrife nos vasos.

Esfoliante: Misture o pó de café usado com um pouco de água ou óleo de coco. E esfregue suavemente na pele do corpo e rosto.

Neutralizador de Odores: Coloque a borra de café numa tigela e deixe secar ao sol. Na geladeira ou freezer, ela ajuda a neutralizar odores indesejados.

Trocar o filtro de papel pelo de pano é um exemplo de atitude simples que pode contribuir para a preservação do meio ambiente. E, de quebra, ainda te ajuda a economizar. Fácil, né?

Nesta coluna, vou apresentar pequenas mudanças que adotei em minha rotina para me tornar uma consumidora mais consciente. Tem sido uma jornada incrível e que me faz descobrir novas possibilidades, além de exercitar a criatividade.

Outros textos pra você:

Dia-a-dia: Compras lixo zero

As vezes, basta uma mudança sutil no nosso dia a dia para reduzirmos consideravelmente a geração de lixo no planeta. O que pode parecer trabalhoso, trata-se apenas de uma simples mudança de hábito.

Leia mais »

Dia-a-dia: Cafezinho sustentável

As vezes, basta uma mudança sutil no nosso dia a dia para reduzirmos consideravelmente a geração de lixo no planeta. O que pode parecer trabalhoso, trata-se apenas de uma simples mudança de hábito.

Leia mais »

Conceitos importantes

10º – Use e valorize a diversidade

Quem tem pressa, além de comer cru, dá um monte de mancada nos seus afazeres, não é mesmo? O nono princípio do planejamento permacultural reforça que os sistemas pequenos e lentos são mais fáceis de manter do que os grandes, fazendo melhor uso dos recursos locais e produzindo resultados mais sustentáveis.

Leia mais »

9º – Use soluções pequenas e lentas

Quem tem pressa, além de comer cru, dá um monte de mancada nos seus afazeres, não é mesmo? O nono princípio do planejamento permacultural reforça que os sistemas pequenos e lentos são mais fáceis de manter do que os grandes, fazendo melhor uso dos recursos locais e produzindo resultados mais sustentáveis.

Leia mais »

O que é agroecologia?

Verdade seja dita: é muito sedutora a ideia de deduzir o conceito de agroecologia apenas separando a palavra em “partes” e analisando-as com base no que geralmente somos ensinados sobre o que é “agro/agricultura” e sobre o que é “ecologia“.

Leia mais »

7º – Projete dos padrões aos detalhes

Este princípio nos convida a observarmos o nosso espaço de fora para dentro. Primeiro vamos olhar para o macro, para o local onde estamos inseridos, o bioma, os ciclos, as características que pertencem à região como um todo para a partir de então, olharmos para as especificidades da terra para qual estamos planejando (projetando).

Leia mais »