Vinicius Pereira nasceu em 1980, na capital paulista. É um dos fundadores do coletivo Permacultores Urbanos. Músico de formação, trabalha como educador, pesquisador, compositor, contrabaixista e diretor musical e possui uma pequena história desenhada dentro e fora do Brasil.

Desde antes de sua formatura em Licenciatura em Música pela Faculdade Santa Marcelina (2003), atuou como educador musical em escolas das redes pública e privada de São Paulo, na antiga FEBEM Tatuapé, na Fundação Casa do Brás, em praças, creches municipais e escolas de música. Em menos de uma década cumpriu seu primeiro objetivo de formação: provar a educação entre as mais distintas idades e condições sociais.

Em 2010 finalmente mudou-se para uma casa e ali começaram os seus primeiros passos na permacultura. Primeiro veio o minhocário. Agora trabalha com a captação da água das chuvas, como professor na Escola de Cisterna, designer em permacultura e como desenvolvedor de tecnologias sustentáveis. No momento dedica-se ao projeto “banheiro seco urbano: da coleta ao manejo”.

Atualmente o foco do seu trabalho como educador permacultural está na conscientização sobre a importância da água e como otimizar o seu uso e reúso na cidade.

Construiu com as crianças Minicisternas Pedagógicas nas escolas particulares Lumiar e FazArte.  Com a participação dos pais, realizou uma instalação pedagógica de Minicisterna na escola municipal Victor Oliva, e na ONG Novo Olhar. Atualmente dedica-se ao projeto Escola de Cisterna, constituída na Escola Estadual Professor Antonio Alves Cruz (onde foi aluno e depois professor de música).

Foi o responsável pelo desenvolvimento do minicurso online de “Captação da Água da Chuva” encomendado pela PRODESP para o Programa Acessa São Paulo:
http://minicursos.acessasp.sp.gov.br/cursos/captar_agua/

Formado em Design em Permacultura no primeiro PDC oferecido pela Casa da Cidade, em 2015, pretende agora levar ao lado da música a permacultura: tanto como meio de vida, como de forma profissional.